Saltar navegação

Teoria Corpuscular

Teoria corpuscular



A ideia de que a luz seria um corpúsculo aparece na Antiguidade, com o atomismo de Epicuro e Lucrécio. Esta teoria não é a atual, que aceita como alternativa a teoria ondulatória.

Contudo, só no século XVII, a teoria corpuscular para a luz se consolidou como um conjunto de conhecimento capaz de explicar os mais variados fenómenos ópticos. O seu principal expoente nesse período foi o filósofo natural inglês Isaac Newton(1643-1727).

A teoria corpuscular foi amplamente desenvolvida no século XVIII, pelos seguidores de Newton. No início do século XIX, com o aperfeiçoamento da teoria ondulatória de Thomas Young e Augustin Fresnel, a teoria corpuscular foi, aos poucos, sendo rejeitada.

É importante compreender que a teoria corpuscular desenvolvida entre os séculos XVII e XIX não é a mesma da atualidade, inserida na concepção da dualidade onda-partícula da luz.